1 de novembro de 2013

Nas Entrelinhas de um Pedaço de Papel

Todos nós temos momentos de loucura
Todos temos uma história absurda para contar
Lembro-me bem do pequeno almoço que trouxeste
Lembro-me bem da tua cabeça no meu colo
E dos teus cabelos macios por entre os dedos da minha mão

Todos nós temos uma história absurda para contar
Eu, se contasse a minha, ninguém acreditaria
Mas esta mão que te escreve, ainda tem o cheiro do teu cabelo macio

Tu?
Frágil, foste meu por um segundo
Eu?
Deixei para ti minhas loucuras, 
nas entrelinhas de um pedaço de papel.






Enviar um comentário