27 de novembro de 2012

Mas não de mim




Vou extraviar-te do teu rumo certo, 
raptar-te sem aviso numa madrugada qualquer,
sem pedir licença aos meus princípios,
só para ouvir o que terias dito.
prender-te, atar-te, usar-te, só para o meu prazer
beijar-te até doer-me a boca
sugar-te até faltar-me o ar
e depois de saciada, 
cansada, feliz
deixava-te ir para sempre...

mas não de mim.

Maria Lucas







22 de outubro de 2012

Eu gosto



Eu gosto de dias chuvosos e frios, de me deitar debaixo de mantas e tomar café em copos, gosto de riso, de rir a toa, que me chamem de boba por isso, gosto de gente bonita, de dentes bonitos, esses não economizam sorrisos, gosto de roupa nova, mas adoro cheiro de roupa lavada, e de cama limpinha. Gosto de música, das que tem letras bonitas, gosto de cantar partes de musicas quando me lembro de alguém, gosto de interromper conversas com beijos, ou abraços, gosto de conversar sobre signos, gosto de confissões, mas não de segredos. Gosto de gente corajosa, que mostra o que quer e o que sente e se não sente diz, gosto de sol, de mar e de rio, gosto de sms romanticos, leio mil vezes e mais uma vez. Gosto de namorar, ter alguem para lembrar e ligar, só pra dizer da saudade. Gosto de mãos, dedos, veias salientes. Gosto do proibido, mas tenho medo. É por isso que gosto. Gosto de Quem me gosta e canta pra mim, gosto que desafine, eu rio, e beijo. Gosto de quem sabe se fazer perto mesmo estando muito longe, gosto de madugrada, de barulho de grilo, parece outro mundo. Gosto de gente grande que sabe ser criança, gosto que me contem histórias, gosto de fazer cafuné, de mexer no cabelo, de brincar com a orelha e me derreto com beijo roubado. Falo com as mãos, ouço com os olhos, choro em anúncio de azeite, sofro quando meus amigos sofrem, mas quando voam saio voando junto.




Maria Lucas

15 de outubro de 2012

Vestida de Mim




Deixo para trás tudo o que foi bom mas por qualquer motivo não teve forças para continuar.
Deixo para trás quem eu pensei poder ser, sem nem sequer ter chegado perto de consegui-lo.
Deixo para trás as fantasias do que pensei realidade.
Deixo para trás toda a forma de ilusão.

Chego ao meu destino despida das verdades que tinha,
triste por não ter sido como eu achei que seria,
mas feliz por ter sido da melhor forma possível para mim.

Fico vestida apenas com admiração própria,
por perceber que minha intensidade é a única pele que me veste
e com ela retorno a mim mesma.

Em paz

24 de setembro de 2012

Enlouquecer a Anatomia


Fazer amor é mais que amar. Fazer amor é duvidar se o que mais queremos é sentir ou dar prazer, porque a resposta do outro é dada de uma forma inaudível, apenas se sente na pupila o rosto transtornado e transbordado de desejo. Tentei fazer justiça em palavras do que penso que seja "fazer amor", mas não consigo. Apanho emprestado as palavras que se seguem pois essas sim se aproximam do que eu queria dizer.

Desconheço a autoria do texto e das fotos,
mas

"Um bom poema é aquele que nos dá a impressão de que está lendo a gente ... e não a gente a ele!"





Fazer amor requer arte inconsciente

Fazer amor transcende o feio e o bonito
Fazer amor requer a alma despida
Fazer amor transcende a sexualidade
Fazer amor é ignorar todos os conceitos formais da humanidade
e se entregar como quem se doa a si mesmo
Fazer amor não tem vínculo algum
com o lado físico dos seres
Fazer amor é uma divindade.
Divindade que advém do mais nobre dom da vida : a própria vida.
Fazer amor é enlouquecer a anatomia.
Não importa a forma.
O que importa é não importar com coisa nenhuma.
Fazer amor é fazer de inconcebíveis palavrões um lindo poema.
Fazer amor é fazer do corpo um banquete de sonhos
e fazer da alma o berço do gozo...




19 de setembro de 2012

Eu Sim, Não Meu Sonho



Dos sonhos que tive na vida só um deles ficou, como herói mais teimoso que valente.
E nessa teimosia hei de morrer um dia.
Eu sim, não meu sonho.

Faz lembrar o trecho de uma música que gosto mas desconheço o autor:





"O coração tem esquina
E a gente nem se encontrou,
Eu te esperei um oceano
Mas és riacho de amor."

_Queremos tanto de quem tem pouco e temos muito de quem queremos pouco!
Hei de desistir um dia...
Eu sim, não meu sonho.

3 de setembro de 2012

Rastos



Anda coração, não te demores,
que o teu lugar é no meu peito
embora hoje não pareça

Maria Lucas

20 de agosto de 2012

O Meu Avesso



Foto: Sexy With Nature
by uvikidd- Deviantart



O meu avesso é água revolta
é fio de navalha,
é fruta mordida 
é anjo perdido
não pede licença
não pede desculpas
assim decidida
a lamber as feridas
a rasgar-se por gosto
a morrer por querer.

O meu avesso é partida
é fogo de palha
é peso e medida
é medo e prazer

O meu avesso te escondo
o meu avesso te evita
o meu avesso te assusta
o meu avesso te quer

O meu direito cativa
o meu direito promete
o meu direito te serve
o meu direito é poder

E na mistura dos lados,
 tua vontade e meu querer
o meu avesso é que dança
pra te banhar de prazer


Maria Lucas

19 de agosto de 2012

Saliva


Embriaguei-me da saliva dos teus desejos
Embrulhei meu corpo com o caminho da tua mão
Marcas vermelhas de dentes e de beijos
A doerem e a teimarem contra a minha razão.


E o sol lá fora nem desconfia das loucuras da noite.
Ele sim é feliz.

Maria L. Lucas

13 de agosto de 2012

Teus rastos

"...tens um sorriso silencioso,
          mas eu já o oiço como uma sinfonia."

Algumas frases ficam esquecidas em algum canto do coração até que com o tempo pulsam com ele.


24 de julho de 2012

Amor à segunda vista


Ontem te olhei casulo
Hoje te vi borboleta...
e te tirei pra dançar.

Maria L. Lucas

19 de julho de 2012

Distância




Os teus temores e a tua fraqueza não vi.
Vi altivez, vi inteligência, vi poder e confiança. Admiro-te por isso.
Mas não te vi a ti, apenas o que querias mostrar-me,
na provável ânsia de agradares,
sem saber que estas qualidades só seriam mesmo doces
se me permitisses ver o quanto também és fraco e o que temes.
Afasto-me de ti por não te sentir humano
Por me teres apenas tocado a pele
Porque minha alma sentiu a ausência da tua
E porque algo se quebrou dentro de mim.

Maria L. Lucas

6 de julho de 2012

Destino

Foto tirada em Benfica(6-7-12)





Ontem amaldiçoei meu obstáculo,
hoje apaixonei-me por ele.
Era apenas a minha vida a ser escrita

Maria L. Lucas

3 de julho de 2012

Decepção

Não, não me decepcionei contigo
Decepcionei-me com o que esperava de ti
Como pássaro novo em sua primeira tentativa de vôo
Ao invés de alcançar as nuvens acima do abismo
Depara com a dureza e o choque de um chão como destino

Maria L. Lucas



foto: http://lukreszja.deviantart.com/

1 de julho de 2012

Simplicidade


Sentar no chão, sentir o vento no rosto

Sentir até o frio na ponta dos dedos
Mover-se ao ritmo da música
Cantar o final da canção
Sorrir baixinho
Da dor.

Simples assim devia ser a vida…

Mallu


Desconheço a autoria da foto

9 de junho de 2012

Substância


Que substância é essa que vive dentro da gente, 
que procura sem cansaço outra gente que não seja diferente?

Maria L. Lucas
Desconheço a autoria da foto


13 de maio de 2012

Precioso



Uma coisa aprendi quando criança e brincava com areia:
Não dá pra segurá-la por muito tempo, 
ela escorre entre os vãos dos dedos mas ainda assim, 
ficam umas pedrinhas na mão.
Na época, eu achava que eram preciosas.
E hoje, tenho certeza disso.

Maria L. Lucas


Foto tirada em 01/05/2012

Diferenças


Admiro o "falar muito e bonito" dos portugueses. 

Em minha terra, uma placa dessas só seria lida até a segunda linha 

( e muito pouco entendida ...rs).




A foto abaixo não é minha,
mas é o falar de meu povo.
Curto e grosso.
E um brinde às diferenças




Mallu



Fonte


Morro de sede junto à fonte. Nada me é certo além da coisa incerta.



Foto tirada em 01/05/2012

Raízes



Criando raízes em areia movediça, menina?
Sim, mas só por poesia.


Maria L. Lucas




Foto tirada em 01/05/2012

11 de março de 2012

Amanhã Esqueço

É proibido eu sei
É pecado, eu também sei.
É loucura, não canso de me dizer.
Mas cheira tão bem e tira os pés do chão...

Só um pouquinho mais. Amanhã esqueço

Gente mais maldosa...to me referindo aos dias
em que saio e antes dou uma passadinha numa loja de perfumes 
só pra economizar o meu.
Que feio, gente. Lol

Foto by vejitatoja

10 de março de 2012

Profundo?

Eras tanto e tão forte que eu pensei eterno.
Mas o tempo foi mais que tudo e tu permitiste..
Escorreste-me, deixaste-me, partiste-me,

E eu nem sei se algum dia fui tua.

Maria L. Lucas

Foto: Sonilicious

26 de fevereiro de 2012

O Homem Que Eu Amo


O Homem que eu amo é predicado sutil. Tem de ter cara de homem e jeito de menino. Tem de ter fala mansa, que acalme, para poder descansar o desejo que me provoca. Pode acordar de olhos inchados sim, me beijar a boca sem aviso mesmo sem ter escovado os dentes, mesmo que eu faça muxoxo. Levantar de pronto em dias de trabalho, mas se for domingo, deve saber rolar e enrolar entre lençóis comigo. Tem de ter músculos exactos, nem muito, nem pouco, o bastante para me prender nos braços em noites de lua cheia. Tem de ter sabedoria, histórias para contar, daquelas que prendem os olhos, mas se não tiver, que aceite vivê-las comigo. Tem de ter cheiro gostoso, próprio, além do perfume, algo que lembre mato, mata, vento e homem. Tem de ter risada gostosa e saber rir de mim, de minhas loucuras, da minha risada. Tem de ser sério, falar o que pensa com jeito, mesmo que lhe custe aborrecimentos, pois o carácter de um homem é muito de seus músculos e, apesar de tanta força, ter mão leve, de lamber com dedos, de apertar com carinho, de arrepiar pelos e nuca, de me arrancar gemidos exactos. Tem de gostar de surpreender, mandar flores, não apenas rosas, falar loucuras em horas impróprias, calar minha boca com beijos impróprios, mudar os planos, cometer enganos, pedir desculpas, gostar de chuva e de pipoca, ou chocolate, leite condensado, champagne e morangos. Tem de saber ouvir: rusgas e "eu te amo", gostar de carinho e de cafuné, saber chegar de mansinho, sem avisar, beijando a nuca e abraçando a cintura. Em outras horas me buscar com peito e jeito até machucar.
O homem que eu amo, tem de trazer em si, tudo e comigo deixar esse tudo para se preencher do "nosso" tudo. O homem que eu amo é simples e complexo. Um lorde de dia, um louco à noite. Um príncipe pelas ruas, um bandido na cama. Um herói por vezes, um comum na maioria delas. Um amigo nas duras horas, um amante para toda vida. E principalmente...não mais que de repente...se saber infinitamente...

Idolatrado por essa mulher.

Maria L. Lucas


Desconheço a autoria da foto.

8 de fevereiro de 2012

Eu Amo


Eu amo!
Eu voo sem asa!

Maria L. Lucas




Foto: Flying to my dreams, by light-from-Emirates

5 de fevereiro de 2012

O Beijo Teu




De repente meus olhos perdem-se no infinito de uma parede branca 

trazendo imagens de minha retina à iris, num caminho inverso de saudade.

Já nem me importo mais se devo deixar, permitir, ou sequer se é certo,

porque a memória destes lábios tira-me o chão da realidade,

arranca-me os pulmões com que respiro e sobrevivo teimosamente.

E suspiro, sibilo, vacilo diante de lábios que não me respeitam,

não desistem, não hesitam, não desconhecem o caminho do que nunca percorreram, 

lambem a pele que nunca vista já lhe era vassala e deixam rastos de desejo líquido

num desconsolo desconsertante, insasiável e delirante.

Já não me pertenço mais. É tudo teu, como é teu e será (pra sempre)

tudo o que teus lábios naquele dia tocaram.




Para mim...

hoje...

só saudades doridas

e uma parede branca





Maria L. Lucas

-desconheço a autoria da foto

10 de janeiro de 2012

Beleza Masculina não é Tanga

Sim…amo a beleza.
Sinto verdadeiro enlevo em contemplar o belo,
Seja feminino, seja masculino.
Até entendo a exposição exagerada da epiderme feminina.
Não percebo é a crença de que se espera o mesmo em relação ao tegumento masculino.( tanga ?  )
Fico triste pelo nível de exigência que beira quase a perfeição do corpo feminino,
o que tem deixado males irremediáveis em uma inteira geração, que não será salva por
campanhas contundentes e massivas, a exemplo do cigarro.
Mas tudo bem.
No caso do homem é mais fácil.
Por dois simples motivos:

  •  Testosterona. Veneno contra celulite e elixir da carne rija.
  • A beleza de um homem não se vê pela pele. É algo mais que seus músculos. É algo interno, algo como confiança, inteligência, bom humor e uma certa dose de não tou nem aí.




Se és homem e queres impressionar,  primeiro passo para o sucesso:
1). Não queira impressionar. Meio caminho andado
2). Autoconfiança é chave. Se essa não existir, a primeira também falha.
3). Perfume é sempre bom mas se não der, cheiro de pele e roupa limpa tem efeito igual, as vezes melhor.
4).A primeira impressão é a que fica. E nossos olhos mais poderosos estão nos ouvidos.
5). Não vá com muita sede ao pote, deixar no ar…em suspenso, é sal. Dar o bote é só pra felinos, e quando querem sangue, não beijos.
6.) Depois é só seguir o coração…e a testosterona
O Pedro Bial é que resume bem:
O que mexe com a libido das mulheres não é a beleza física é a inteligência. Tanto que revista de homem nu só vende para gays.


Maria L. Lucas